POLÍTICA

Presidente reforça compromisso no combate à corrupção
Em Brasília, Presidente Bolsonaro participou de solenidade de encerramento de cursos de formação da Polícia Federal



O Presidente da República, Jair Bolsonaro, reforçou nesta quinta-feira (8), o compromisso do Governo com o combate à corrupção. “Nós temos um compromisso do combate à corrupção”, disse durante solenidade de encerramento dos cursos de formação profissional para os cargos de Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista da Polícia Federal, em Brasília.

O Presidente Bolsonaro destacou que a escolha de cargos para os ministérios não tem sido feita de forma política, mas pelo critério da competência. O Presidente citou que os resultados mostram, por exemplo, recorde de apreensão de drogas, de recursos e prisões. “Isso é muito bom para todos nós. Isso dá esperança para o Brasil. E eu não tenho dado motivo para Polícia Federal ir atrás dos meus ministros, diferentemente do que acontecia no passado”, disse. “Então, isso é um compromisso nosso, não apenas verbal ou de campanha, vem se comprovando na prática essa forma de trabalhar”, acrescentou.

O Presidente informou que para o ano que vem está sendo feito um edital com mais duas mil vagas para a carreira. “Estamos ultimando a confecção do edital, de modo que, o mais rapidamente possível, possamos ter esse efetivo a mais para somar a vocês, para combater, então, o crime organizado em nosso país”, pontuou. 

Aos formandos, Presidente Bolsonaro falou da satisfação em participar do evento. “É uma satisfação e um orgulho estar no evento de formatura de uma das instituições mais respeitadas do Brasil”, disse.  “Um dos efeitos do profícuo trabalho de vocês, foi na mudança do status quo da política brasileira. Vocês ajudaram a mudar paradigmas, ajudaram a mostrar para todos do Brasil que nós temos como ser realmente um país melhor e diferente”, afirmou.

Formatura

Trezentos e sete novos policiais federais concluíram o curso de formação. Os treinamentos duraram 10 semanas e são a última fase do concurso público para ingresso nos quadros da corporação. Os novos servidores deverão reforçar o efetivo principalmente em regiões de fronteira.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA   |   23/12/2020 12h32





POLÍTICA   |   22/12/2020 13h55


POLÍTICA   |   09/10/2020 08h22